quarta-feira, 23 de julho de 2014

Jaques Xavier Jacomini


O Santo Padroeiro do Blog A Cidade de Santa Isabel.

O Inverno da Existência






O Inverno da Existência


O último ciclo é um tema pouco abordado por iniciados e não iniciados. Qual é a razão deste MEDO? Medo em abordar aquilo que, mais cedo ou mais tarde, vai bater na sua porta. Eu tenho uma resposta. E não poderia ser outra:

IGNORÂNCIA

Os ventos frios e uivantes do inverno da existência vão soprar nas tuas orelhas. Ai daquele que não se preparou (previamente) para deitar no leito perpétuo. A reencarnação nos reinos inferiores da matéria, por exemplo, é um fato. Ou você ainda tem alguma dúvida sobre isto? Atente para aquilo que realmente importa:

COMPAIXÃO.




5



5555555555555555555555555555555555555555555




- Isabel -




França?!

Brasília!?

E. U. A. !?


Não!

Isabel!!!






55555555555555555555555555555555


5

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Mestre





Mestre

Texto escrito em 20/09/2013

O Mestre é um sacerdote a serviço da Deusa.
Este é um tema bastante complexo e, mesmo que fosse este o propósito, seria impossível de desenvolvê-lo nestas poucas linhas. Contudo, eu que fui, magicamente, abençoado (mais uma vez) com conquistas deveras significativas neste início de primavera, declaro: Não vou calar (-me).
A fala é a principal “arma” do Mestre que, por vezes, silencia, diante da magnitude da próxima palavra a ser falada. Falo. É importante perceber que a escrita vem depois. Portanto, trata-se de um “efeito retardado deste processo”.
A Mãe Divina é, independente da denominação que recebe, a força superior capaz de tudo em relação a todos os seres antropomórficos e não antropomorfizados. Amor de Mãe não cala. Fala Amor. Amor de Mãe não tolera arrogâncias fortuitas e desnecessárias. Todo o poder que não provem da Deusa e a ela não volta na forma de gratidão fenece e leva junto, após longo sofrimento, aquele que ousa erguer o véu da Mãe Divina. Simples assim. Simples e poderoso como todo o Amor de Mãe. Aprendizado.
Aprendi que a nossa Mãe exigi de cada um de nós a realização de dois grandes movimentos. O primeiro representado no esforço de vencer as trevas da ignorância e o segundo que é o movimento representado pela prática cotidiana da compaixão. Juntos estes dois movimentos oportunizam a formação de um centro de energia cósmica luminosa, extremamente alva (com nuances de azul claro) e poderosa que significa a própria presença da Mãe Divina (Olho de Isis0.
Mãe Divina eu quero ser um filho iluminado, me entrego em teu poder para ser libertado.

Namaste

Escrito em 20/09/2013.