sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Encontro dos Kujás





A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da área técnica de atenção à saúde dos povos indígenas, irá apoiar a Comunidade Kaingang na realização do V Encontro dos Kujás - Fortalecendo a Medicina Tradicional Kaingang. A abertura do evento ocorre nesta sexta-feira, 21, às 9h, na Aldeia Tupe Pen (rua Professor Padre Werner, 77, bairro Tristeza) . 
 
O evento ocorre a cada dois anos. Na oportunidade Kujás (pajés), parteiras tradicionais, rezadores, cozinheiras e os dançadores guerreiros ensinarão práticas em saúde realizadas a partir de conhecimentos milenares, o que tem sido traduzido como sistema de medicina tradicional. 
 
Conforme o Kujá, Jorge Garcia, o horizonte da medicina tradicional kaingang é a saúde, não a doença ou a cura. "O trabalho dos Kujá abrange o tratamento do corpo das pessoas e da terra em que elas vivem, pois sem terra não temos saúde, a mata é nosso hospital", aponta. 
 
Durante os três dias do encontro, os indígenas kaingang prepararão remédios com ervas do mato, comerão alimentos ensinados pelos seus avós, realizarão cantos e danças, a fim de fortalecer seus corpos e seus vínculos com a terra e com a mata por meio de várias práticas. 

Imagem e texto extraido do site da Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Feliz Aniversário




Feliz Aniversário

      A felicidade de saudar a vida.
      Parabéns, parabéns, pelo seu aniversário. No dia dezenove de novembro de dois mil e nove os garotos vieram ao mundo. Fiquei muito feliz. Comemorei a chegada de cada um deles: Meigo, Máscara, Feroz, Predileto, Chaveiro e Tililim.
      Tili já partiu. Essa é a parte que dói mais. O processo de despedida deste filho é ainda uma marca importante e por isso merece este registro.
      A vida que ganhei após a chegada deles é o grande saldo positivo. Claro que também aprendi um pouco sobre saúde e doença canina, por exemplo. Aprendi a confiar e também a desconfiar na medicina veterinária. Entre outras coisas.
      Mas venho aqui especialmente para dizer: Muito Obrigado! Muito Obrigado filhos, por existirem. Muito obrigado família por viverem tudo isso comigo. Obrigado Pai Eterno e Mãe Divina por me permitir esta troca intensa de Amor e Respeito com os meus.
      Uma mensagem para finalizar esta comunicação:
      Adote!
Bixo não é lixo!
Não abandone animais, por favor!
Busca entender o que ocorre no teu entorno. Os teus semelhantes são os humanos e os não-humanos.

Compaixão é a palavra. Namastê.